19 de junho de 2018

Homem é preso pela Policia Civil acusado matar rapaz durante festa em Arapongas

A Polícia Civil de Arapongas prendeu Wagner dos Santos, de 21 anos, acusado de assassinar um rapaz durante uma festa que acontecia em uma chácara localizada na estrada da Aliança, área rural de Arapongas no último dia 10.

Conforme a Polícia Civil, no dia do crime a vítima teria se envolvido em uma discussão no meio da festa e em seguida foi alvejado por disparos de arma de fogo vindo a morrer no local.

De acordo com o delegado adjunto da 22ª Subdivisão Policial de Arapongas, Dr Audair da Silva, foi através de denúncias anônimas e informações compartilhadas pela Guarda Municipal e Polícia Militar que a Polícia Civil chegou até o suspeito. " O suspeito ficou alguns dias foragido, porém, conseguimos localizá-lo. Ele já foi interrogado e nega ser o autor dos disparos, entretanto, não ofereceu nenhum elemento que o tirasse da cena do crime. Com todos os componentes que reunimos até agora ele é apontado como o autor dos disparos. " afirmou o delegado.

Ainda conforme o delegado, a arma do crime ainda não foi localizada. " A arma faz parte de um dos processos que faltam ser finalizados. No local do crime foi encontrado um projétil que está em condições de passar por exame balístico, assim que encontrarmos a arma de fogo poderá ser feito o confronto balístico." disse.

A Polícia Civil pede para que quem tenha alguma informação sobre o crime entre em contato no 197.(fonte fatoatual)



Guarda Municipal de Arapongas desmancha ponto de tráfico, apreende mais de 100 pedras de crack e detém três pessoas

Três homens foram presos na noite de quarta-feira (18) em uma residência abandonada em Arapongas. O local era usado como ponto de tráfico de drogas. Foram apreendidos mais de 100 pedras de crack e dinheiro proveniente do comércio.
A Equipe GAT da Guarda Municipal (GM) em patrulhamento pelo Jardim Nossa Senhora das Graças, avistou dois elementos em atitude suspeita em uma casa vazia.
Um rapaz de 26 anos, já conhecido do meio policial, estava entregando uma pedra de crack a um homem de 46 anos. A GM flagrou o momento e realizou a abordagem. Com a dupla estava ainda outro suspeito, de 19 anos.
Ao perceber a aproximação da equipe, o homem que recebia a droga colocou a pedra na boca e engoliu. Já com o primeiro, que entregava o entorpecente foi encontrado R$ 30,00 em espécie. Em busca realizada no quintal da residência, foi encontrado em um cano de esgoto um pote contendo 109 pedras de crack.
Nesse momento, o suspeito responsável pelas drogas tentou fugir pulando os muros das casas ao lado. Com apoio de outras viaturas, ele foi localizado em cima do telhado de uma residência próxima ao local e acabou se entregando.
O trio foi preso e encaminhado à delegacia para as providências cabíveis.(tnonline)




Inicia nesta terça-feira no supremo o julgamento de Gleisi na Lava Jato

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) vai iniciar nesta terça-feira, 19, o julgamento uma ação penal da Operação Lava Jato que mira a presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR), e o marido, o ex-ministro Paulo Bernardo, investigados pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro
Em memorial encaminhado nesta segunda-feira, 18, ao STF, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, reforçou o pedido de condenação de Gleisi, do marido da senadora e do empresário Ernesto Kugler Rodrigues, também denunciado no caso.


O caso de Gleisi marcará o segundo julgamento de uma ação penal da Lava Jato na Segunda Turma do STF. O colegiado é composto pelos ministros Edson Fachin (relator da Lava Jato), Celso de Mello (revisor da Lava Jato na turma), Ricardo Lewandowski, Gilmar Mendes e Dias Toffoli. No mês passado, a 2ª Turma condenou por unanimidade o deputado federal Nelson Meurer (PP-PR), que se tornou o primeiro parlamentar condenado pela Corte no âmbito da Lava Jato.

Em 27 de setembro de 2016, a denúncia contra Gleisi, o marido e o empresário Ernesto Kugler Rodrigues foi recebida por unanimidade pela Segunda Turma do STF. Eles são acusados de solicitar e receber R$ 1 milhão oriundos de um esquema de corrupção instalado diretoria de abastecimento da Petrobras que teria favorecido a campanha de Gleisi ao Senado, em 2010.

De acordo com a Procuradoria-Geral da República (PGR), foram feitas quatro entregas de R$ 250 mil cada em espécie, que teriam sido utilizados na campanha de Gleisi sem qualquer registro. A denúncia é fundamentada nas delações premiadas do ex-diretor de abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa e do doleiro Alberto Youssef.

Segundo Paulo Roberto Costa, Paulo Bernardo era "um dos poucos ministros que sabia que Alberto Youssef era seu operador, ou seja, que o dinheiro vinha de ilícitos na Petrobras". Para a PGR, isso demonstra que "houve a chamada de conhecimento - de Paulo Bernardo a Paulo Roberto Costa - que indica a presença do dolo na conduta".

Nas alegações finais encaminhadas ao STF em novembro do ano passado, a PGR pediu que os réus sejam condenados a pagar R$ 4 milhões em danos materiais e morais causados por suas condutas e que Gleisi perca o mandato.

Gleisi também é alvo de outras duas denúncias: uma envolvendo o núcleo político do PT, sob a acusação de que a sigla recebeu propina por meio da utilização da Petrobras, do Banco Nacional de DesenvolvimentoEconômico e Social (BNDES) e o Ministério do Planejamento; a outra denúncia trata de uma linha de crédito entre Brasil e Angola que teria servido de base financeira à corrupção na campanha da senadora ao governo do Paraná em 2014, de acordo com a PGR. 

Procurado pela reportagem, o gabinete da senadora não se manifestou.

Primeiro

No mês passado, a Segunda Turma do STF condenou por unanimidade o deputado federal Nelson Meurer (PP-PR) a 13 anos, 9 meses e 10 dias de prisão em regime inicial fechado pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro cometidos em esquema de desvios na Petrobras.

Meurer poderá recorrer da condenação em liberdade. Os ministros da Segunda Turma também decidiram que caberá à Câmara analisar se o parlamentar deve ou não perder o cargo. O deputado terá de pagar uma multa de cerca de R$ 265 mil, em valores que ainda precisam ser corrigidos pela inflação.Agência Estado



Nessa Madrugada em Londrina rapaz é morto dentro de casa

Um rapaz, identificado como Eduardo Henrique Martinelli, de 18 anos, foi morto na madrugada desta terça-feira (19), no Conjunto Cafezal, na zona sul de Londrina. De acordo com a Polícia Militar, a vítima dormia em um quarto da residência quando foi surpreendida pelos disparos. Conforme informações obtidas pela PM, dois suspeitos que estavam em uma moto entraram no quintal da casa e fizeram os disparos pela janela do quarto. 

Uma equipe do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e do Siate (Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência) atenderam a ocorrência, entretanto, apenas constataram a morte do rapaz. O corpo da vítima foi encaminhado para o Instituto Médico Legal(IML) de Londrina. A Polícia Civil investigará o caso.Redação Bonde



18 de junho de 2018

Em Mangueirinha homem é assassinado pelo enteado a golpes de machado

Um homicídio foi registrado no início da noite de domingo (17), em um assentamento entre os Bairros Portugal e Nova Esperança, em Mangueirinha.
Valdomiro Pedroso Antunes, de 48 anos, foi morto por diversos golpes possivelmente de machado. Uma equipe do Samu esteve no local para socorrer a vítima, mas o homem morreu ainda no local.
A Polícia Militar e a Polícia Civil foram chamadas e prenderam o enteado da vítima, Edenilson Ramos de Jesus, de 19 anos, suspeito de ser o autor do crime.  Segundo o delegado Breno Machado de Paula, o rapaz confessou autoria. Ele também estava ferido e foi encaminhado para o Pronto Atendimento, na sequência foi levado para a Delegacia da Polícia Civil.
O corpo de Valdomiro foi encaminhado ao Instituto Médico legal (IML) de Pato Branco.Colaboração ppnewsfb.com.br

Corpo de mulher que estava desaparecida há seis dias é encontrado em Foz do iguaçu

O corpo de uma mulher foi encontrado em meio à mata neste domingo (17), no Jardim Bourbom, em Foz do Iguaçu. A mulher, de 53 anos, estava desaparecida há seis dias e fazia tratamento contra a depressão com remédios controlados.
A causa da morte ainda não foi confirmada, mas, segundo a perícia, não foi encontrada nenhuma marca de violência. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Foz do Iguaçu, onde deve passar por exames.Colaboração Junior Rocha/Rahvi Duarte/Rede Massa

Em situação de rua no frio: Em uma noite, mais de 100 pessoas são atendidas

Cento e três pessoas em situação de rua foram atendidas pelas equipes da Prefeitura de Curitiba entre o final da tarde de sexta-feira (15) e a manhã de sábado (16). As temperaturas abaixo dos dez graus contribuíram para o volume de atendimentos. A média é de aproximadamente 60 casos em uma noite de temperaturas um pouco mais elevadas.
Entre as pessoas atendidas está um homem que foi retirado no Canal do Rio Belém, com hipotermia. Ele foi medicado e está na Casa da Acolhida, no bairro Sítio Cercado. Outro homem foi resgatado no viaduto do Boqueirão, e já está com a família em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba.
No início de junho, o serviço de abordagem social a pessoas em situação de rua foi intensificado nas ruas da capital. Além do trabalho do pessoal do Centro de Abordagem 24 horas da Fundação de Ação Social (FAS), que atendem às solicitações de atendimento que chegam pela Central 156, outras sete equipes, formadas por assistentes e educadores sociais, percorrem a cidade para a busca ativa de pessoas que estejam em situação de risco nas ruas.
A ação intensificada é realizada todas as noites, das 18h às 23h. Nos demais horários, os serviços de busca ativa e abordagem social seguem o cronograma de rotina das equipes da assistência social, realizados durante o dia pelo Centro de Abordagem 24 Horas, na Regional Matriz, e pelos Centros de Referência Especializados de Assistência Social (Creas) e Centros POP, nas outras nove regionais. A ação vai até 15 de setembro.
Para receber as pessoas em situação de rua neste inverno, a Prefeitura também reforçou a estrutura de acolhimento, com o dobro de vagas em relação ao ano passado. Serão 1,2 mil vagas.Colaboração Prefeitura de Curitiba

No Brasil obesidade atinge um em cada cinco adultos e jovens são maioria

A pesquisa do Ministério da Saúde mostra que 18,9% da população acima de 18 anos das capitais brasileiras é obesa. O porcentual é 60,2% maior que o obtido na primeira vez que o trabalho foi realizado, em 2006. Naquele ano, 11,8% dos entrevistados estavam com Índice de Massa Corporal (IMC) acima de 30. Embora bastante elevado, sobretudo quando comparado com outros países da América do Sul, os indicadores são os mesmos obtidos em 2015.
“Daí a indicação de que a velocidade da expansão começa a cair”, afirma Maria de Fátima. O mesmo ocorre com o excesso de peso. Em 11 anos, a expansão da população com peso acima do considerado ideal foi de 26,8%. De 2015 para 2017, contudo, os indicadores permaneceram estáveis. Há três anos, 53,9% da população estava acima do peso. No dado mais recente, 54%. Uma nova pesquisa deverá ter início no fim do ano para comprovar esses dados. No novo estudo, voluntários terão seu peso medido pelos entrevistadores.
Novos hábitos
Os sinais de estabilização de sobrepeso e obesidade nos últimos dois anos vêm acompanhados de mudanças no comportamento do brasileiro. Ele hoje consome menos refrigerante e bebidas adoçadas que na última década e se exercita um pouco mais. Em 10 anos, a queda do consumo de bebidas foi de 52,8%. Em 2007, 30,9% dos moradores das capitais faziam uso regular desses produtos. Agora, o comportamento é citado por 14,6%.
“Houve uma queda importante, mas o consumo no País ainda é muito alto”, afirma a coordenadora de Alimentação e Nutrição do Ministério da Saúde, Michele Lessa. Sobretudo entre a população mais jovem. Na faixa entre 18 e 24 anos, 22,8% consomem refrigerantes e bebidas adoçadas regularmente. “Do ponto de vista nutricional, esses produtos não trazem nenhuma vantagem e têm grande concentração de açúcares. O ideal seria reduzir ao máximo o consumo”, afirma Michele. A faixa etária mais jovem é a que mais ingere essas bebidas e, ao mesmo tempo, a que apresentou menor redução de consumo no período analisado: 43,17%
Alimentação e exercício
O raciocínio vale ainda para a melhora nos indicadores de consumo de frutas e hortaliças. Os números avançaram positivamente, mas ainda não alcançaram a meta ideal. Entre a população de 18 a 24 anos a ingestão recomendada de pelo menos cinco porções por semana desses alimentos subiu 25%. Mesmo assim, apenas 19,63% consomem esses alimentos nessa frequência. Os números vão melhorando com o passar dos anos de vida. Dos entrevistados com mais de 65 anos, 26,9% fazem o consumo desses alimentos na proporção recomendada.
Além da alimentação, os indicadores de atividade física também melhoraram. Houve um aumento de 24% de pessoas que afirmam se exercitar de forma leve ou moderada. “Todos esses indicadores precisam melhorar. O ideal é que toda população coma ao menos cinco porções de frutas e hortaliças por dia. E que se exercite de forma moderada, mas frequente”, avalia Maria de Fátima.
A tarefa, no entanto, não é fácil. “Há dificuldades de acesso, sem falar em preços”, diz. Batizada de Vigitel, a pesquisa do Ministério da Saúde é feita por telefone, com população acima de 18 anos residente nas capitais do País.(bandab)


Em Paiçandu Acidente violento deixa seis feridos

O acidente foi registrado na noite de sábado (16) na rodovia PR-323 na cidade de Paiçandu envolvendo uma carreta com placas de Itajaí, Santa Catarina, outra carreta de Umuarama e dois automóveis, um GM Astra e um Honda Civic, todos de Maringá. De acordo com informações de duas testemunhas, o condutor do Astra que seguia sentido Maringá rodou na pista causando todo o acidente que envolveu os demais veículos que vinham logo atrás. Uma motorista que conduzia o Honda Civic não sofreu ferimentos, mas o carro dela chegou a colidir contra o Astra. Já a carreta conduzida pelo maringaense Antônio Rodrigues da Rocha, de 55 anos, bateu violentamente contra a traseira de outra carreta que seguia no mesmo sentido. Populares que presenciaram o acidente retiraram todos os ocupantes dos veículos pois havia vazamento de combustível podendo causar uma grande explosão. Uma ambulância de uma empresa de Cianorte que estava indo para Maringá para um evento parou e prestou os primeiros atendimentos até a chegada das equipes do Corpo de Bombeiros e Samu. De acordo com o médico Mauricio Lemos, seis pessoas sofreram ferimentos. São elas, duas adolescentes de 12 e 13 anos, Aline Fernandes, de 18 anos, Ademar Gomes, de 34 anos, e Silvana, de 37 anos. ocupantes do Astra. Fabiana de 38 anos dirigia o Civic. O motorista da carreta de 55 anos que voltava de Foz do Iguaçu não sofreu nenhum ferimento. André Almenar



Policia prende Quadrilha assalta residência enquanto pai saía para levar filhos à escola

Dois homens foram presos na manhã desta segunda-feira (18) após assaltarem uma residência na Vila Agari em Apucarana. Há suspeita de que os bandidos contavam ainda com mais comparsas que conseguiram fugir.
A dona da casa percebeu a situação quando o marido saía para levar os filhos à escola e foi surpreendido pelos criminosos. A Polícia Militar (PM) foi acionada e agiu rápido, chegando ao local ainda enquanto o roubo acontecia. 
Os dois presos estavam no interior da residência com as vítimas e acabaram detidos em flagrante. A polícia investiga a possível participação de outros bandidos que teriam fugiram em um automóvel. 
A mulher relatou que os criminosos agiram com ameaças e que foi agredida por eles. Um revólver calibre 38 também foi apreendido durante o flagrante.TNONLINE