11 de novembro de 2019

Homem toca partes íntimas de criança e termina agredido em Umuarama

   Equipes do 25º Batalhão de Polícia Militar atenderam a uma ocorrência de estupro de vulnerável no bairro Jabuticabeiras, em Umuarama. O fato foi registrado na noite de sábado (09), por volta das 21h.
 De acordo com a PM, em princípio o caso se tratava de uma briga entre um homem de 36 anos e um outro de 55. O de 36 anos tem um f ilho de 8 anos, que estava na casa da avó, onde o homem de 55 anos mora, já que é amásio da mulher.
Quando chegou ao local para buscar a criança, o pai notou que o comportamento dele estava estranho. O menino foi questionado diversas vezes sobre o que houve e acabou dizendo que o homem de 55 anos havia o tocado nos órgãos genitais.
Revoltado, o pai voltou à casa da avó e agrediu o suspeito. A PM encaminhou ambos para a delegacia e foi registrado um boletim de ocorrência. (O Bem Dito).

APÓS SER ESTUPRADA PELO PRÓPRIO TIO MENINA DE 14 ANOS PASSA MAL E MORRE AFOGADA COM O PRÓPRIO VÔMITO

Tio estupra a própria sobrinha de 14 anos após passeio em família. Menina foi dopada e tentou se defender, mas morreu de maneira bárbara. Homem assumiu o crime e responderá por estupro e feminicídio
Anderson Magno da Silva, de 40 anos, admitiu que estuprou a própria sobrinha no último domingo (6) em Manaus (AM). Ele foi preso em flagrante e responderá por estupro de menor e feminicídio.
A adolescente Aline Alves Melo, de 14 anos, foi encontrada morta na casa de Anderson, que é técnico em enfermagem. Segundo familiares, era a primeira vez que a menina tinha ido dormir no local, após insistência do tio. A mãe da menina só permitiu porque Anderson alegou que levaria a Aline para visitar a avó em um hospital de Manaus.
“A minha sobrinha nunca tinha ido dormir lá. Ele ligou querendo que ela dormisse lá porque de manhã levaria ela para visitar a avó. Minha irmã, como não quis dar uma de chata, pediu pra Aline ir, mas ela não queria ir. Ele institui muito e a mãe deixou”, conta uma das tias da adolescente.
Na noite de sábado (5), Anderson levou a filha, a ex-companheira e Aline para passear em um shopping da cidade. De acordo com o titular da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), delegado Paulo Martins, Anderson alegou que, ao chegarem em casa, Aline se queixou por estar com dores na região abdominal.

O técnico em enfermagem então aplicou uma medicação na adolescente. A menina desmaiou e foi estuprada por Anderson enquanto estava desacordada. “Nesse momento em que ele estava estuprando a vítima, ela acordou e tentou se desvencilhar dele. Aline chegou a chutá-lo com as pernas, tentou tirá-lo de cima dela”, afirmou o delegado.
“Depois, adormeceu novamente. Ela acordou vomitando e se afogando no próprio vômito e faleceu. Foi uma situação bárbara, um crime brutal que esse indivíduo cometeu contra a própria sobrinha sem nenhuma explicação”, pontuou.
Na manhã do domingo (6), Anderson ligou para a mãe da vítima desesperado e contou que a menina tinha passado mal e, por isso, chamou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Aline morreu na residência do tio.
A tia de Aline ainda contou que Anderson tentou enganar a polícia. “Ele tentou cobrir as pistas, o que tinha feito, mas não conseguiu. Graças a Deus a polícia deu o flagrante. Ele tentou limpar o sangue e ainda alegou ao Samu que a menina tinha problema no coração, mas ela não tinha”.
O laudo do Instituto Médico Legal (IML) constatou que a causa da morte foi por asfixia mecânica, além dos vestígios que apontaram o estupro na menina. Na delegacia, Anderson chorou ao ser apresentado.(eliandrosilva)

Mulher tenta impedir que marido fosse para bar e é violentamente agredida

Uma moradora de Quarto Centenário foi violentamente agredida pelo seu marido, depois que tentou impedir que ele fosse para um bar, junto com seus amigos, na noite desabado.    A mulher contou que o marido estava em casa, bebendo junto com colegas de trabalho e em certo momento os amigos foram para um bar. A mulher pediu que o marido não os acompanhasse e que ficasse em casa.
                                      O homem, que já estava embriagado, reagiu e passou a agredir a mulher com socos, causando lesões no lábio e hematomas no rosto.
                                      Depois da agressão, a mulher veio para Goioerê, na casa de um familiar, onde contou os fatos para a equipe da Polícia Militar, que tentou localizar o agressor, mas sem êxito. A vítima foi orientada. (goionews)

Soldado da Polícia Ambiental morre afogado no Rio das Cinzas

Equipes de resgate do Corpo de Bombeiros, Polícia Ambiental e grupamento aéreo da Polícia Militar localizaram na manhã deste domingo (10), no Rio das Cinzas, o corpo do soldado Hamilton Malosti do 4º Pelotão de Polícia Ambiental de Jacarezinho.
Segundo as informações, o soldado Malosti e o sargento Adriano Barroso checavam uma denúncia de pesca predatória no fim da tarde de sábado (9), no Rio das Cinzas, trecho entre Barra do Jacaré e Santo Antônio da Platina (Balsa dos Corsini), quando ocorreu o acidente.
Os militares chegaram por terra, momento em que a embarcação fugiu e os policiais entraram no rio (local relativamente raso) para tentar conter o pescador. O soldado Malosti teria escorregado nas pedras, sendo levado pela correnteza. O companheiro do policial tentou salvá-lo e quase se afogou também.(cobranews)

Condutor de carro morre após colidir contra um caminhão na PR-445

Um homem de 28 anos morreu após o carro que ele dirigia colidir contra um caminhão. O acidente foi por volta das 5h deste domingo (10) na PR-445, em Londrina.
De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, a colisão foi entre um veículo Hyundai HB20 de cor prata e um Volvo FH 460 6X2T de cor branca. O motorista do carro morreu no local.
O caminhão caiu em uma ribanceira, mas o caminhoneiro não precisou de atendimento dos bombeiros. Uma mulher de 43 anos e os filhos de 1 e 12 anos tiveram ferimentos leves e foram encaminhados ao Hospital da Zona Norte.(tnonline)

Tragédia: Menino de 10 anos morre em acidente próximo a Cafeara

Um acidente registrado no final da tarde deste domingo (10) acabou em tragédia. A fatalidade ocorreu nas proximidades do trevo de acesso a Cafeara.
Um veículo Gol que vinha sentido ao trevo se chocou contra um barranco. O carro estava com cinco ocupantes. Um menino de 10 anos morreu no local. Outra criança ficou gravemente ferida. A mãe do menino e mais duas pessoas também sofreram ferimentos.
O corpo da vítima será recolhido pelo IML de Londrina.(cobranews)

Evo Morales renuncia à presidência da Bolívia

O presidente da Bolívia, Evo Morales, anunciou sua renúncia neste domingo para pacificar o país, após semanas de protestos violentos contra os resultados da eleição presidencial de 20 de outubro.
Horas antes, o comandante das Forças Armadas da Bolívia, Williams Kaliman, havia pedido que Morales renunciasse ao cargo.
Pela manhã, Morales anunciou a convocação de um novo pleito eleitoral, depois que a Organização dos Estados Americanos (OEA) afirmou em um relatório preliminar ter observado sérias irregularidades nos resultados da eleição de outubro.
Além disso, a Procuradoria-Geral da Bolívia anunciou hoje o início de ações legais contra juízes do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) do país por supostos "atos eleitorais ilícitos" e dois ministros de Morales renunciaram dizendo que suas decisões buscam ajudar na pacificação do país.(tnonline)

Homem é preso em flagrante tentando invadir residência no centro de Apucarana

Um homem foi preso em flagrante pela polícia tentando invadir uma casa na Rua Osório Ribas de Paula, em Apucarana. Ao receber voz de prisão, ele passou a desacatar a equipe policial com ofensas.

A polícia foi acionada por moradores que perceberam que um homem estaria tentando pular o muro de uma casa e que já teria danificado a cerca elétrica. A polícia chegou rapidamente e encontraram o suspeito, tentando pular o muro, através de um terreno vazio, existente ao lado da residência.

Ele foi abordado e não soube explicar o motivo pelo qual estaria tentando pular o muro da casa, e diante do flagrante, ele recebeu voz de prisão, e nesse momento, começou a proferir ofensas contra a equipe. 

O dono da residência não foi encontrado e o suspeito foi encaminhado para a delegacia.(tnonline)

Carro pega fogo em Apucarana; ex-marido é suspeito

Um carro que estava estacionado na Rua Tiradentes no Jardim Aclimação em Apucarana, pegou fogo. O incêndio aconteceu no começo da madrugada desta segunda-feira (11). 
Uma mulher chamou a Polícia Militar (PM) e disse que está sendo ameaçada pelo ex-marido, que até já registrou um boletim de ocorrência contra ele. 
Ainda de acordo com a mulher, o carro é do seu atual relacionamento, e o ex-marido é o principal suspeito de praticar o crime. 
O incêndio danificou a região do motor, pneu dianteiro do lado direito, vidros e painel. A mulher foi devidamente orientada. (tnonline)

Dono de clínica veterinária é autuado por maus tratos, em Arapongas

A polícia militar de Arapongas foi acionada na manhã deste domingo (10), para atender a uma denúncia de maus tratos. Segundo moradores que acionaram a equipe policial, havia uma briga de cachorros no terraço de uma clínica veterinária, no centro da cidade, e um dos animais estaria machucado e desmaiado.

Quando os policiais chegaram, o proprietário da clínica, que também é dono dos cachorros, estava retirando o cão ferido da presença dos demais. Foi verificado que o animal estava bem fraco, molhado e com alguns ferimentos.
 
O responsável pelos animais foi encaminhado até a sede da 7ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) para as medidas cabíveis.(tnonline)

8 de novembro de 2019

Juiz determina saída de Lula da prisão após decisão do STF

O juiz Danilo Pereira Júnior, da 12ª Vara Criminal Federal de Curitiba, aceitou nesta sexta-feira (8) o pedido da defesa do ex-presidente do República Luiz Inácio Lula da Silva e o autorizou a deixar a prisão.

Condenado em duas instâncias no caso do triplex, Lula ficou 1 ano e 7 meses preso na Superintendência da Polícia Federal (PF) de Curitiba. Agora, ele terá o direito de recorrer em liberdade e só vai voltar a cumprir a pena de 8 anos, 10 meses e 20 dias após o trânsito em julgado.

Os advogados pediram a soltura do petista depois que o Supremo Tribunal Federal (STF) derrubou a prisão após condenação em segunda instância.
Na quinta-feira (7), por 6 votos a 5, o STF mudou um entendimento de 2016 e decidiu que, segundo a Constituição, ninguém pode ser considerado culpado até o trânsito em julgado (fase em que não cabe mais recurso) e que a execução provisória da pena fere o princípio da presunção de inocência.
“A decisão da Suprema Corte confirma aquilo que nós sempre dissemos, que não havia a possibilidade de execução antecipada da pena”, disse Cristiano Zanin, advogado de Lula, logo após pedir o alvará de soltura.
A defesa disse que espera agora a “nulidade de todo o processo, com o reconhecimento da suspeição do ex-juiz Sérgio Moro”.

Período na prisão

Lula ficou preso em uma sala especial – garantia prevista em lei. A sala tem 15 metros quadrados e fica no 4º andar do prédio da PF. O local tem cama, mesa e banheiro de uso pessoal. A Justiça autorizou que ele tivesse uma esteira ergométrica na sala.
O ex-presidente tinha os requisitos necessários para progredir para o regime semiaberto: atingiu 1/6 da pena em 29 de setembro deste ano. Mas a mudança ainda não tinha sido analisada pela juíza.
Durante o período na prisão, Lula deixou a sede da PF em duas ocasiões: para ir ao interrogatório no caso do sítio de Atibaia, que ocorreu em novembro de 2018, e ao Ele velório do neto Arthur Lula da Silva, de 7 anos, em São Bernardo do Campo (SP), em março deste ano.
Lula não teve a mesma autorização da Justiça para ir ao funeral do irmão Genival Inácio da Silva, de 79 anos, conhecido como Vavá, dois meses antes.

Condenações e processos

Na primeira instância, em decisão do então juiz Sérgio Moro, a pena imposta a Lula era de 9 anos e 6 meses, por corrupção e lavagem de dinheiro.
O juiz entendeu que Lula recebeu o triplex do Guarujá como propina da construtora OAS para favorecer a empresa em contratos com a Petrobras. O ex-presidente afirma ser inocente.
Depois, o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) elevou a pena para 12 anos e 1 mês. Em abril deste ano, o tempo foi reduzido no Superior Tribunal de Justiça (STJ) a 8 anos, 10 meses e 20 dias.
Na Lava Jato, o ex-presidente também foi condenado em primeira instância pela juíza substituta Gabriela Hardt por corrupção e lavagem de dinheiro por ter recebido propina por meio da reforma de um sítio em Atibaia (SP), em fevereiro deste ano.
A pena de Lula nesse processo é de 12 anos e 11 meses. A defesa recorreu, e a ação ainda não foi julgada pelo TRF4.
Lula nega as acusações.
O ex-presidente responde a mais seis processos. Ele foi o primeiro ex-presidente do Brasil condenado por crime comum.(g1)

Homem é sequestrado e morto após filha de três anos revelar em vídeo que era abusada por ele

  Mais um crime de morte misterioso passa a ser investigado pela Polícia. O corpo de um homem foi encontrado ocultado em uma vala em um matagal no bairro Genibaú, na zona oeste de Fortaleza. As informações é do Jornalista Fernando Ribeiro.
                                 Segundo as primeiras informações, o homem teria sido sequestrado e assassinado após uma filha de 3 anos aparecer em um vídeo contando que era abusada sexualmente e ameaçada pelo pai.
                                 O caso está sendo investigado pela Polícia Civil através do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). O corpo do homem foi encontrado no começo da manhã desta terça-feira (5) por moradores do bairro Genibaú, que acionaram a Polícia através do telefone 190. No local, poucas pessoas quiseram falar sobre o caso, temendo represálias dos assassinos.
                                 Um vizinho da vítima, que preferiu não se identificar, porém, contou que o homem assassinado teria sido acusado de abusar sexualmente da filha, o que teria causado a reação de criminosos do bairro ligados a uma facção. O homem teria sido arrastado de dentro de casa durante a madrugada e morto.
                                 O corpo da vítima foi encaminhado à Coordenadoria de Medicina Legal (Comel), da Perícia Forense do Estado do Ceará (Comel). (Fonte: Portal Palotina)

Adolescente de 14 anos foi estuprada em Mamborê. Suspeito tentou matar parente da vítima com golpe foice

 A equipe da Polícia Civil de Mamborê efetuou a prisão de dois jovens suspeitos de estupro de vlnerável e tentativa de homicídio ocorridos naquela cidade.
                                 Conforme o delegado Anderson Romão, as investigações apontaram que o rapaz de 21 anos supostamente teria abusado de uma adolescente de 14 anos. O fato gerou conflito entre os familiares da vítima e do autor, sendo que houve várias provocações e ameaças de ambas as partes.
                                 No dia 26 de outubro, os supostos autores foram até a residência da adolescente, o que acarretou novas desavenças e briga e um dos suspeitos atingiu um dos presentes com um golpe de foice, decepando parte da orelha esquerda, gerando cerca de 21 pontos.
                                 Após realizar investigações sobre os dois fatos, o delegado Anderson Romão requereu a prisão dos suspeitos, o que foi deferido pela justiça local, e efetuou as prisões na tarde de quarta-feira, 6.
                                 As investigações prosseguem visando a conclusão do inquérito policial de homicídio qualificado e estupro de vulnerável.(goionews)

Menina de 12 anos foi agredida pelo namorado de 14 na região de Goioerê

Um caso de Maria da Penha mirim foi registrado em uma cidade da região de Goioerê, mostrando que o machismo está enraizado na sociedade. 
 Uma menina de 12anos de idade teria sido agredida com socos, tapas e empurrões em uma cidade na região de Goioerê (a cidade não será revelada para preservar amenina).
                                O pai da menina proibiu o namoro, e então o adolescente teria passado a abordar a menina na rua, ofendendo-a com palavras de baixo calão e falando a tradicional frase dita entre adultos: “Se não ficar comigo, não fica com mais ninguém”.
                                Um boletim de ocorrência foi registrado e não se sabe ainda os procedimentos que serão tomados, já eu o caso corre em segredo de justiça.

Irmãs são mortas a facadas em São Sebastião da Amoreira

Um duplo feminicídio foi registrado na tarde desta quinta-feira (7), na  cidade de São Sebastião da Amoreira, norte pioneiro.
De acordo com informações um homem assassinou a facadas  a ex mulher e a ex cunhada. Após o crime Odair Tavares dos santos de 41 anos se entregou no destacamento da PM. A faca usada nos crimes foi apreendida.
Leonice Rodrigues da Costa de 34 anos e  Cleuza Rodrigues da Costa de 49 foram brutalmente assassinadas a facadas e em seguidas degoladas.
De acordo com informações Leonice teria passado aproximadamente um ano convivendo com Odair e fazia uma semana que ela estava separada e estava morando na casa da irmã Cleuza.
Em  depoimento a Polícia ,  o assassino disse que agiu em legítima defesa.
Os corpos foram encaminhados para o IML .(cobranews)

Paraná confirma 43 novos casos de sarampo em uma semana

A Secretaria de Estado da Saúde divulgou nesta quinta-feira (7) mais um Boletim Epidemiológico com a situação do sarampo. Na última semana foram confirmados 43 casos novos, somando 316 pessoas que estão ou tiveram com a doença no Estado desde o mês de agosto.
Os dados mostram o grande aumento de casos e o alcance territorial da doença no Paraná. Das 22 regionais de saúde, 20 têm casos confirmados ou em investigação. Apenas as regionais de Campo Mourão e Cornélio Procópio não registram notificações de sarampo.
“O vírus se espalha rapidamente e o sarampo pode ter consequências muito graves. É uma doença que pode comprometer seriamente a saúde. As complicações que uma pessoa que teve sarampo pode desenvolver são otites, infecções respiratórias e doenças neurológicas, a redução da capacidade mental, surdez, cegueira e retardo do crescimento”, alertou o secretário da Saúde Beto Preto.
O sarampo é uma infecção viral, altamente contagiosa e de fácil transmissão. Os sintomas mais comuns da doença são febre alta, tosse, coriza, conjuntivite, exantema (manchas avermelhadas na pele que aparecem primeiro no rosto e atrás da orelha e depois se espalham pelo corpo). Também podem ocorrer dor de cabeça, indisposição e diarreia. Como não existe tratamento específico para o sarampo é importante ficar atento ao aparecimento dos sintomas.
“Aos primeiros sinais, indicamos que a pessoa procure o atendimento médico para exames e busque ficar sem contato com mais gente até que se descarte o sarampo. Não fique esperando passar ou piorar, é nesse período que a doença pode ser transmitida”, recomendou o secretário.
Os 316 casos estão distribuídos nos seguintes municípios: 217 em Curitiba; 4 em Almirante Tamandaré; 1 em Araucária; 1 em Balsa Nova; 2 em Campina Grande do Sul; 3 em Campo do Tenente; 8 em Campo Largo; 20 em Colombo; 1 em Fazenda Rio Grande; 1 na Lapa; 1 em Mandirituba; 10 em Pinhais; 10 em Piraquara; 1 em Quatro Barras; 5 em Rio Branco do Sul; 11 em São José dos Pinhais; 2 em Castro; 1 em Ponta Grossa; 1 em Irati; 2 em Maringá; 7 em Londrina; 1 em Rolândia; 3 em Carlópolis; 3 em Jacarezinho.

Vacinação

O Ministério da Saúde organizou a Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo. A primeira etapa foi realizada para o público de seis meses até cinco anos incompletos. A segunda etapa tem como público-alvo os jovens com idade entre 20 a 29 anos. O período de intensificação para imunização desta faixa de idade é entre 18 a 30 de novembro, com o dia D no sábado, 30.
“Para ter vacinas em todo o Estado, solicitamos ao Ministério da Saúde mais 100 mil doses da vacina tríplice, que previne sarampo, caxumba e rubéola. A nossa preocupação maior é para Curitiba e cidades com maior incidência do sarampo”, disse o secretário Beto Preto.
O objetivo da campanha é interromper a circulação do vírus e proteger os grupos mais acometidos pela doença no País. Toda a população com idade entre um e 29 anos deve receber duas doses da vacina tríplice viral e de 30 a 49 anos, uma dose.(cobranews)

STF derruba validade da prisão após a segunda instância

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu hoje (7) contra a validade da execução provisória de condenações criminais, conhecida como prisão após a segunda instância. Por 6 votos a 5, a Corte reverteu seu próprio entendimento, que autorizou as prisões, em 2016.

Com a decisão, os condenados que foram presos com base na decisão anterior poderão recorrer aos juízes que expediram os mandados de prisão para serem libertados. Segundo o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), o julgamento terá impacto na situação de 4,8 mil  presos. 

Os principais condenados na Operação Lava Jato podem ser beneficiados, entre eles, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso desde 7 de abril do ano passado, na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, após ter sua condenação por corrupção e lavagem de dinheiro confirmada pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), no caso do tríplex do Guarujá (SP), além do ex-ministro José Dirceu e ex-executivos de empreiteiras. Segundo o Ministério Publico Federal (MPF), cerca de 80 condenados na operação serão atingidos.

Votos

Após cinco sessões de julgamento, o resultado foi obtido com o voto de desempate do presidente da Corte, ministro Dias Toffoli. Segundo o ministro, a vontade do Legislativo deve ser respeitada. Em 2011,  uma alteração no Código de Processo Penal (CPP) definiu que "ninguém será preso, senão em flagrante delito ou em decorrência de sentença condenatória transitada em julgado. De acordo com Tofolli, a norma é constitucional e impede a prisão após a segunda instância.

"A vontade do legislador, a vontade do Parlamento, da Câmara dos Deputados e do Senado da República foi externada nesse dispositivo, essa foi a vontade dos representantes do povo, eleitos pelo povo.", afirmou.

Durante todos os dias do julgamento, os ministros Edson Fachin, Alexandre de Moraes, Luís Roberto Barroso, Luiz Fux e Cármen Lúcia votaram a favor da prisão em segunda instância. Marco Aurélio, Ricardo Lewandowski, Rosa Weber, Gilmar Mendes e Celso de Mello se manifestaram contra.

Entenda

No dia 17 de outubro, a Corte começou a julgar definitivamente três ações declaratórias de constitucionalidade (ADCs), relatadas pelo ministro Marco Aurélio e protocoladas pela Ordem dos Advogados, pelo PCdoB e pelo antigo PEN, atual Patriota.

O entendimento atual do Supremo permite a prisão após condenação em segunda instância, mesmo que ainda seja possível recorrer a instâncias superiores. No entanto, a OAB e os partidos sustentam que o entendimento é inconstitucional e uma sentença criminal somente pode ser executada após o fim de todos os recursos possíveis, fato que ocorre no STF e não na segunda instância da Justiça, nos tribunais estaduais e federais. Dessa forma, uma pessoa condenada só vai cumprir a pena após decisão definitiva do STF.

A questão foi discutida recentemente pelo Supremo ao menos quatro vezes. Em 2016, quando houve decisões temporárias nas ações que estão sendo julgadas, por 6 votos a 5, a prisão em segunda instância foi autorizada. De 2009 a 2016, prevaleceu o entendimento contrário, de modo que a sentença só poderia ser executada após o Supremo julgar os últimos recursos.

Veja como votou cada ministro do Supremo

A favor da prisão em segunda instância:

Alexandre de Moraes, Luís Roberto Barroso, Edson Fachin, Luiz Fux e Cármen Lúcia,

Contra a prisão em segunda instância, ou seja, prisão somente após o chamado trânsito em julgado:

Celso de Mello, Marco Aurélio Mello, Rosa Weber, Ricardo Lewandowski e Gilmar Mendes.(tnonline)

Equipe da ROTAM apreende armas de fogo e munições em Jardim Alegre

A ROTAM da 6ª Companhia Independente da Polícia Militar (6ª CIPM) apreendeu na tarde de ontem (8) três armas de fogo e 33 munições intactas e seis deflagradas, em um sítio na localidade de Colibri, no município de Jardim Alegre.   
De acordo com a Polícia Militar (PM), a ação atendeu denúncia anônima de que o proprietário do armamento costumeiramente se deslocava para o centro da cidade portando arma de fogo e mantinha algumas armas na propriedade rural.  
No local foi feito contato com o homem e durante abordagem foi encontrado em seu bolso três cartuchos de espingarda cal. 36, sendo uma deflagrada e duas intactas.
Questionado sobre a espingarda, ele mostrou onde dispensou a arma ao ver a viatura chegar. Sendo localizado uma espingarda cal .36 sem marca aparente sob nº de registro a336410 municiada com 01 cartucho intacto.  
Com autorização do proprietário, os policiais fizeram buscas na residência e localizaram um revólver Taurus cal.38 e uma carabina CBC, e ainda muita munição. de vários calibres. 
Não tendo registro do armamento foi dado voz de prisão ao homem que foi conduzido à 54ª Delegacia Regional de Polícia de Ivaiporã. (tnonline)

Casal invade casa no Residencial Solo Sagrado e é preso pela PM

Um homem de 50 anos, morador do Residencial Solo Sagrado, teve a casa invadida por um casal, após ficar 20 dias ausente. O proprietário da casa, que estava realizando um tratamento de saúde, foi avisado por vizinhos de que estariam invadindo a casa dele, e já estariam inclusive instalando móveis na residência. Ele acionou a polícia militar, que esteve no local, e encontrou uma mulher cuidando de 3 crianças pequenas na casa, filhos do casal que teria invadido a residência. Realizando buscas pelo bairro, o casal invasor foi encontrado e disseram que estariam procurando um local para morar, e ao avistar a casa vazia, resolveram ficar ali. Eles afirmaram que substituíram a fechadura da porta e que tinham conhecimento que a casa pertencia a outra pessoa e que tinham intenção de tomar posse do local. Diante dos fatos, o homem de 42 anos e sua mulher de 23 anos, foram presos e encaminhados à delegacia da Apucarana.(tnonline)

7 de novembro de 2019

ARAPONGAS: Bandidos roubam caminhão com 47 mil litros de combustível

Um motorista teve seu caminhão de combustíveis roubado por um bando armado próximo a cidade de Cambira na tarde desta terça-feira (05). O motorista foi colocado dentro de uma van branca e abandonado na PR-444 próximo ao município de Arapongas.
Segundo a Polícia Militar, o motorista relatou que após ouvir barulhos no caminhão ele parou no acostamento por volta das 18h00, nas proximidades do município de Cambira. A vítima foi surpreendida pelos bandidos assim que desceu do caminhão.Ainda segundo o motorista, ele foi encapuzado, colocado dentro de uma van branca e abandonado na PR-444 próximo a cidade de Arapongas. A vítima conseguiu buscar ajuda em um posto de combustíveis.
Conforme a Polícia Militar, o caminhão é um Volvo/FH12 de cor branca, placas ATV-0061 e estava carregado com 47 mil litros de combustível. Até o momento o caminhão não foi localizado, nem mesmo com a ajuda do rastreio através da empresa. O motorista passa bem e não sofreu ferimentos.(fatoatual)

Jovem mata amigo de longa data para não pagar dívida

 Um jovem de 18 anos foi preso, nesta terça-feira (5), por matar um amigo de longa data porque não queria pagar uma dívida que possuía com a vítima. Eliseu Koziel foi assassinado com três tiros em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, no dia 18 de outubro deste ano.
De acordo com Dirceu Koziel, o filho era um grande amigo, trabalhador e ajudava em todas as despesas da casa. “É muito triste demais. Dói muito, é um pedacinho da gente que se foi. Dói, o coração da gente fica muito magoado. Perdi um companheiro grande”, contou.
O delegado Michel Teixeira, da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), explica que Eliseu costumava emprestar dinheiro para pessoas no bairro e que o suspeito devia uma certa quantia para o amigo.“A linha de investigação mais forte considerando a aproximação entre o autor e a vítima que se conheciam há muito tempo, é uma dívida que havia entre eles. Segundo as testemunhas, a vítima emprestava dinheiro para pessoas no bairro. O Eliseu era uma pessoa que trabalhava, tinha emprego fixo. O Eliseu estava cobrando essa dívida”, disse Teixeira.

A polícia também acredita que o rapaz tenha preparado uma armadilha para o amigo na noite em que cometeu o crime. “Nós trabalhamos com a ideia de que o suspeito tenha trazido a vítima até essa residência e nesse local tenha consumado o crime”, pontuou. Já no dia 3 de novembro, o suspeito foi filmado enquanto assaltava um carrinho de cachorro-quente, também em São José dos Pinhais. Para o delegado, ele cometeu o assalto à mão armada para pagar um advogado, que deveria defendê-lo pelo assassinato do amigo. (Fonte: RicMais)

Empresário morre ao bater moto esportiva em poste em Maringá

O empresário John Erly Silva Cabral, de 28 anos, morreu na noite de quarta-feira, 6, em um trágico acidente registrado na zona norte de Maringá. A vítima pilotava uma motocicleta CBR-1000 cilindradas com placa de Maringá.
                                     O empresário perdeu a direção da moto vindo a colidir violentamente contra um poste de energia. Cabral que era proprietário de um Lava Jato situado na Avenida Alan Kardec, no Parque Avenida, teve morte instantânea.
                                     Socorristas do Siate e o médico intervencionista do Samu realizaram manobras de reanimação mas não foi possível salvar a vida do motociclista. O acidente fatal ocorreu por volta das 20hs na Avenida Ranulfo Rodrigues da Mota no Conjunto Cidade Jardim. A vítima seguia pela via no sentido centro/bairro. Pessoas relataram que o empresário desenvolvia alta velocidade.
                                     Com a força do impacto, a motocicleta que ficou com a frente totalmente destruída, foi lançada a vários metros do local da batida. O motociclista seria natural da cidade de Presidente Castelo Branco, era solteiro e morava no Parque Avenida. (Corujão Notícias).(goionews)

Após 44 anos, mulher descobre que foi criada como filha de sequestrador

Aos 46 anos, Simone Aparecida Lopes Garcia descobriu que foi criada pelo seu sequestrador em Cariacica, em Vitória. A cuidadora, com 46 anos, descobriu que havia sido sequestrada com dois anos após ter desconfiado da história contada pelo sequestrador.
Segundo a mulher, o sequestrador dizia que sua mãe era alcoólatra e havia morrido, porém, ela nunca tinha visto o atestado de óbito ou qualquer outro documento. Para o jornal Estadão, toda vez que ela tocava no assunto, seu ‘pai’ ficava bravo.
“Como ele era muito violento, eu deixava para lá. Em maio de 2006, ele sofreu um derrame e ficou muito ruim. Fui a última pessoa a falar com ele, antes de morrer, e pedi que falasse se minha mãe estava viva. Ele negou…preferiu que esse segredo terrível morresse com ele.”
Depois da morte do ‘pai’ e sequestrador, o desejo de saber sobre sua mãe aumentou. Além disso, Simone Aparecida Lopes Garcia contou que os cinco filhos também perguntavam sobre a avó, por isso, ela resolveu pesquisar sobre a história da morte.

‘Entendi que eu era a menina sequestrada’

Em busca de informações sobre a mulher que ela acreditava ser sua mãe, a cuidadora descobriu que havia sido sequestrada após uma ida à delegacia. Além disso, Simone Aparecida Lopes Garcia também descobriu que não era filha da mulher que o sequestrador apontou.
“Eu soube que tinha um processo envolvendo quem se dizia ser meu pai na delegacia de Tanabi. Quando vi o que era, meu mundo caiu. Fiquei em choque, pois logo entendi que eu era a menina sequestrada e estava lá o nome dele como meu sequestrador.”
Após se inteirar no processo, a cuidadora descobriu que sua verdadeira mãe, Neide Pereira dos Santos, a procurou por dois anos, mas que o processo foi arquivado sem muita investigação.
“Ela morava na zona rural e era muito pobre. Mesmo assim, ela procurou em casa de familiares dele por toda região. A família Garcia era bem sucedida, tinha até parente delegado.”

Sequestrador era próximo da família biológica

Simone Aparecida Lopes Garcia descobriu que sua mãe havia sido abandonada pelo seu pai biológico e o sequestrador, identificado como Pedro, que era casado com uma prima do verdadeiro pai da cuidadora, pediu abrigo na casa da sua mãe.
Então, Pedro se mudou para a residência humilde com um adolescente, que ele afirmou que ‘pegara para criar’. Após sequestrar Simone, o homem a levou para o Paraná e, em seguida, para o Espírito Santo, sem despertar suspeitas.
Mulher criada por sequestrador sofreu abusos sexuais
A cuidadora contou que desde os quatro anos era abusada sexualmente pelo adolescente que o sequestrador criava. Para fugir dos estupros e das agressões que sofria do seu ‘pai’, ela foi morar com a mãe do sequestrador.
“Isso [abuso] foi até quando eu tinha nove anos e ele 21. Gostaria que ele fosse encontrado agora e responsabilizado pelo que fez”
Vítima quer sobrenome da verdadeira família
A cuidadora afirmou que, atualmente, vive por dois objetivos: recuperar a identidade que lhe foi roubada e encontrar sua verdadeira família.
“Vou trocar toda a documentação para Simone Aparecida Pereira dos Santos.”(cobranews)

Caso da pequena Sarah; acusado de matar enteada pode ir a júri popular

A primeira audiência do Caso Sarah foi nesta quarta-feira (6). O Ministério Público quer que o acusado de matar a menina, de 9 anos, vá a júri popular. Além de assumir o assassinato ocorrido em julho, ele também contou à polícia que estuprava a criança.
No Fórum Cívil depuseram as testemunhas: vizinhos de Sarah, policiais que trabalharam no caso, a professora e a diretora da escola da criança e um representante do conselho tutelar. 13 pessoas foram ouvidas. Nos depoimentos todas relataram a frieza do padrasto. Sarah Manuele da Silva, de 9 anos, foi encontrada morta em um fundo de vale na zona leste, no pescoço havia marcas de esganadura. O padrasto, Sandro de Jesus Machado, de 25 anos, está preso pelo crime: ele confessou ter matado a enteada.
A investigação apontou que ele estuprava a menina e teria cometido o homicídio depois que ela ameaçou contar para a mãe. O homem ainda teria pago R$ 5,00 para comprar o silêncio da criança. A mãe de Sarah, Maria de Jesus, vai ser ouvida por carta precatória, já que depois do crime ela se mudou para o estado de São Paulo.
De acordo com o advogado da família, o ex-companheiro costumava agredi-la e o medo que ele seja solto motivou a mudança de cidade. O réu que está preso e vai ser ouvido dia 22 de novembro por videoconferência. Entre os crimes que ele responde, estão feminicídio e estupro de vulnerável. A acusação vai pedir à justiça que ele seja levado a júri popular.(cobranews)

Homem é preso com revólver e cocaína, em Arapongas

O Grupo de Apoio Tático (GAT) da Guarda Municipal de Arapongas, prendeu um homem nesta quarta-feira (06), acusado de tráfico de drogas e posse ilegal de arma. A prisão aconteceu no Conjunto Ulisses Guimarães.

A equipe fazia patrulhamento pelo local quando percebeu que, o suspeito, ao avistar a viatura, teria ficado nervoso. Ele foi abordado, e confessou que em sua residência haveria uma arma e certa quantia de drogas.

No local, a equipe encontrou um revólver calibre 38 com sinal de identificação suprimido com seis munições intactas sendo elas, 2 munições SPL BLAZER, e 4 munições CBC, e ainda 41 buchas de cocaína que posteriormente pesado deu a quantia de 13,4 gramas e R$32 reais em dinheiro trocado.
O homem recebeu voz de prisão e foi encaminhado à delegacia.(tnonline)

Grave acidente provoca a morte de três pessoas na BR-369

Três pessoas morreram após um grave acidente na BR-369, entre Bandeirantes e Santa Mariana, na madrugada desta quinta-feira (7). A batida envolveu dois carros, que ficaram destruídos. 
Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF) um dos veículos tem placas de São Mateus do Sul, o outro de Cerqueira César (SP). Os dois carros, um Gol e um Renault Sandero, bateram de frente. Outras três pessoas ficaram feridas.
Os motoristas João Ricardo da Silva e Dionatan Dresch morreram no local. O passageiro do Gol, José Adriano Vaz também não resistiu aos ferimentos. 
Ainda no mesmo acidente, foram encaminhados ao Hospital de Bandeirantes, a princípio com lesões leves, Jerry Adriane da Silva e Fábio Augusto da Silva.
E para o Hospital de Cornélio Procópio em estado grave, uma outra pessoa, ainda sem identificação. Todos os feridos eram passageiros do Gol. (tnonline)