10 de janeiro de 2012

'Fiquei desesperada', diz babá que viu criança ser atacada por 4 pit bulls

Babá trabalha há cinco meses na residência onde aconteceu o ataque.
Criança está internada em estado grave em hospital particular de Cuiabá.

babá do caso pit bull (Foto: Kelly Martins/G1)Babá diz que fez o que pôde para tentar salvar a
criança (Foto: Kelly Martins/G1)
Muito abalada e assustada, a babá Edinéia da Conceição Carvalho, de 32 anos, afirmou ao G1 que presenciou uma cena considerada por ela a mais triste da sua vida e muito difícil de se esquecer. Ela é quem cuidava da menina de dois anos de idade, atacada nesta segunda-feira (9) por quatro pit bulls, em Cuiabá, em uma residência localizada no bairro Jardim Universitário.
“Eu fiquei desesperada quando a vi [criança] sendo mordida pelo cachorro. Foi algo terrível, mas fiz tudo o que podia na hora”, declarou. Edinéia contou que havia acabado de dar banho na menina que, em seguida, foi brincar na área da frente da casa. No entanto, o portão que divide a casa do quintal, onde estavam os cães soltos, não estaria bem trancado, segundo a babá.
A criança se aproximou do portão que acabou sendo aberto pelas patas dos cachorros. “Quando ouvi os gritos, sai correndo de dentro da casa e fui até lá na área. Quando cheguei, vi a menina sendo arrastada pelos cabelos por um dos cachorros, que é macho. Os outros três cães, que são fêmeas, até tentaram morder o cachorro que estava atacando. Aí ficaram todos aqueles cachorros em cima dela e fiquei completamente transtornada”, relatou a babá, em entrevista ao G1.
Edinéia contou que saiu pela rua gritando e pedindo socorro aos vizinhos. Foi no momento em que um policial militar à paisana passava pelo local e socorreu a criança. Ele entrou na casa e atirou contra os cães. Porém, as cenas, de acordo com Edinéia da Conceição são de terror.
Parte do couro cabeludo da menina ficou espalhado pela área da residência. Sangue e brinquedos espalhados também evidenciaram o que ocorreu no local, em poucos segundos. Ao G1, a babá contou que trabalha para a família da criança há cinco meses e que mora no bairro Dr. Fábio, na região do CPA. O expediente inicia às 13h e vai até o final da tarde.
A babá disse também que nunca teve contato com os cachorros porque eles ficavam nos fundos da residência e ela não tinha acesso ao local. “Sempre tive medo dos cães porque sabia que eles não me conheciam e poderiam me estranhar qualquer dia. Mas, até então, não tinha ocorrido nenhum ataque”, ressaltou.
Ela contou que chegou a perceber que o portão que separava os cães da parte da frente da casa não estava muito bem trancado. E que alertou o patrão uma vez sobre a situação.
Inconformada com o ocorrido, Edinéia garante que fez de tudo para tentar salvar a menina. “Não foi culpa minha. Eu tomei todos os cuidados e fui buscar ajuda para salvá-la porque os cães iam me morder também. Quero muito que ela sobreviva”, disse a babá, muito emocionada.
O fato ocorreu nesta segunda-feira (9), por volta das 14h. A babá foi encaminhada para a Central de Flagrantes da capital, onde prestou depoimento juntamente com o policial Rosicley Pereira dos Santos, de 33 anos, que resgatou a menina.
A criança foi socorrida pelos paramédicos do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhada para o Pronto-Socorro Municipal de Cuiabá (PSMC). De acordo com informações do hospital, a criança foi internada em estado gravíssimo. Ela ficou muito machucada e os ataques foram principalmente no rosto, cabeça e braços.
DefesaDois cães morreram na hora e outro tentou escapar, mas foi morto a alguns metros da residência, em um córrego. Já o quarto cachorro conseguiu escapar e foi encontrado ainda no bairro, embaixo de um veículo. Uma equipe do Centro de Controle Zoonoses da capital foi acionada e resgatou a cadela do local. Membros da instituição informaram ainda que é uma fêmea que está prenha.fonte g1

Prisão preventiva dos envolvidos no caso da 'mulher ketchup' é solicitada

Inquérito foi concluído no ano passado, mas encaminhado ao MP neste mês.
Polícia aguarda parecer do Ministério Público para efetuar as prisões.

 
Delegado diz que inqúerito do 'crime do ketchup' será concluído até a próxima semana (Foto: Reprodução/ TVBA)Homem simulou morte de mulher cobrindo-a com
ketchup (Foto: Reprodução/ TVBA)
O delegado Marconi Almino de Lima da cidade de Pindobaçu, a 400 km de Salvador, pediu a prisão preventiva dos três envolvidos no caso da 'mulher ketchup'. De acordo com o delegado, o inquérito foi concluído no ano passado, mas devido ao recesso de final de ano, o pedido só foi encaminhado ao Ministério Público na sexta-feira (6).
Segundo Marconi, o suspeito de planejar o falso assassinato da mulher ketchup, Carlos Roberto, e a mulher que seria a vítima, Iranildes Aguiar de Arruda, foram indiciados por crime de estelionato, já que os dois induziram a mandante do crime, Nilza Pereira Simões, a erro e a extorquiram. O delegado informou que a pena prevista para estes casos pode chegar a cinco anos.
Já a mandante do crime foi indiciada por 'denunciação caluniosa', termo jurídico utilizado quando a pessoa faz uma denúncia falsa. A mandante prestou queixa contra Carlos Roberto alegando que ele a teria assaltado. Ela também deve responder por ameaça de morte, e, caso seja condenada a suspeita pode pegar uma pena de até nove anos, informou Marconi Almino de Lima.
Ainda segundo o delegado, Carlos Roberto está preso há cerca de um mês na cidade de Senhor do Bonfim após cometer furto e assalto na região. O delegado também informou que aguarda o parecer do Ministério Público para que as prisões sejam efetuadas.
O caso
A polícia de Pindobaçu, município a 400 km de Salvador, foi surpreendida com uma história inusitada a partir de uma queixa de roubo. Uma mulher teria procurado a delegacia da cidade alegando que R$ 1 mil teriam sido tomados durante assalto realizado um homem. Ao encontrar o suspeito, a polícia descobriu que o homem tinha sido contratado pela mulher para assassinar uma pessoa.
No entanto, em acordo firmado com aquela que seria sua vítima, o homem optou por não cometer o crime e decidiu encenar a morte usando molho de ketchup e uma faca. Em seguida, ele tirou uma fotografia da 'morta', entregou à mandante como prova da ação e recebeu o pagamento. A trama foi descoberta quando a mulher que deveria estar morta foi avistada pela mandante, na feira da cidade.
O caso aconteceu no dia 24 de junho e movimentou a cidade com pouco mais de 20 mil habitantes. Segundo o delegado Marconi Almino de Lima, o homem alegou que teria aceitado o serviço porque estava sem emprego e precisava de dinheiro. No entanto, ao perceber que a vítima era sua “conhecida”, resolveu bolar o plano.
Para dar mais realidade à fotografia apresentada como prova do crime, o homem levou a vítima para um matagal, amarrou seus braços e pernas e a amordaçou, além de inserir uma faca entre o braço e o peito da mulher, simulando um esfaqueamento. O ketchup serviu para forjar o sangue.fonte g1

Vizinho salva gêmeas de 1 ano de incêndio em Jaraguá do Sul, SC

As gêmeas Stefane Peres de Lima e Dafni Peres de Lima, de 1 ano, foram salvas nesta segunda-feira (9) de um incêndio que destruiu a casa em que elas moravam no bairro Jaraguá 84, em Jaraguá do Sul, norte de Santa Catarina. Segundo o Corpo de Bombeiros da cidade, o vizinho, o cunhado Romeu Tohn, de 36 anos, foi quem salvou as irmãs do fogo.
Uma das gêmeas é resgatada pelos bombeiros em Jaraguá do Sul, no Norte do SC (Foto: Piero Ragazzi/ Agência RBS)Uma das gêmeas é resgatada pelos bombeiros em Jaraguá do Sul, no norte de SC (Foto: Piero Ragazzi/ Agência RBS)
O incêndio consumiu a casa a partir das 14h30 após um curto-circuito que teria sido provocado por um interruptor. De acordo com os bombeiros, as gêmeas brincavam na casa de 70m² e não conseguiram ser resgatadas pela mãe, Ângela de Lima, e pelo irmão Andrei, de cinco anos. O cunhado ouviu os gritos e resgatou as crianças - uma delas estava no berço. Em seguida a casa teria desabado. Foram usados dois caminhões e 7 mil litros de água para combater as chamas.
As gêmeas foram levadas pelo helicóptero Águia, da Polícia Militar, até o Hospital Infantil Joana de Gusmão, em Florianópolis. Segundo boletim médico divulgado na manhã desta terça (10), Stefane teve 86% do corpo queimado e está internada na UTI, em estado grave. Já Dafni teve queimaduras leves que atingiram 30% do seu corpo. Segundo os médicos, ela já deu início a um "tratamento cirúrgico de longo prazo".fonte g1

Equipes de resgate localizam mais vítimas em Sapucaia, no RJ

Cinco corpos foram achados nesta manhã; número de vítimas chega a 13.
Buscas recomeçaram por volta das 7h30; voltou a chover na região.


Jamapará (Foto: Carolina Lauriano/G1)Equipes fazem buscas por mais vítimas em Jamapará (Foto: Carolina Lauriano/G1)
A prefeitura de Sapucaia confirmou que já chega a 13 o número de vítimas do deslizamento ocorrido na madrugada de segunda-feira (9) em Sapucaia, no Centro Sul Fluminense - 12 em decorrência do deslizamento de terra que atingiu oito casas no distrito de Jamapará e uma decorrente de uma casa que desabou no município. Por volta das 10h45, voltou a chover na região.

Segundo a prefeitura, cinco corpos foram encontrados na  manhã desta terça-feira (10). As vítimas são a jovem Livia Gomes, de 22 anos, achada por volta das 8h15; uma mulher de cerca de 42 anos, encontrada às 9h; Glória Nascimento, de 72 anos, localizada às 9h10; dois homens ainda não identificados, sendo que um deles tem uma perna amputada.
Ainda segundo a prefeitura, o Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil trabalharam até a 1h30 nas buscas. Os trabalhos das equipes recomeçaram por volta das 7h30 desta terça e têm o apoio de cães farejadores. Homens do Exército também estão no local para ajudar as equipes.
"É muito importante o apoio do governo federal neste momento e a presença do Exército", disse o secretário estadual de Defesa Civil, Sérgio Simões.
Sobrevoo a pedido de Dilma
O ministro-interino da Defesa, comandante do Exército Enzo Martins Peri, e o secretário Nacional de Defesa Civil, Humberto Viana, sobrevoaram Sapucaia a pedido da presidente Dilma Rousseff. De acordo com Peri, ainda não foi definido o valor da indenização que será enviada ao município..fonte g1

É hoje! Participantes do BBB 12 saem em carreata do hotel para a casa do reality




Doze novas celebridades serão conhecidas nesta terça-feira, 10. O Big Brother Brasil estreia na telinha da Globo, após a novela Fina Estampa, com participantes de diferentes lugares do país. Uma baiana, claro, completa o elenco do reality show, que deve permanecer no ar até até março.

A 12º edição do BBB já começa com polêmica, afinal, dois confinados desistiram de participar do jogo, antes mesmo de entrar na casa - que a partir de hoje se torna a mais vigiada do Brasil.

Para quem não acompanhou, o advogado Netinho e a empresária Fernanda Girão desistiram de participar do BBB, fazendo a produção selecionar novos brothers para o relity:  Ronaldo e Fabiana.

Nesta terça, os participantes seguirão em carreata do hotel onde estão confinados até a casa do programa, a partir das 13h30. À noite, na estreia do BBB 12 o público verá as imagens da chegada deles na casa.

No estúdio, com Pedro Bial, estará uma plateia formada por 400 pessoas, entre elas, alguns aspirantes a 'brothers'. “Na plateia estarão 60 convidados que participaram da seleção do programa. Eles conversarão com Pedro Bial e é uma forma que escolhemos para mostrar um pouco dos bastidores do programa”, contou Boninho em entrevista ao blog de Patrícia Kogut.

Em conversa com o jornal O Dia, o diretor revelou alguns detalhes sobre a nova edição do reality. “É um jogo que depende de seus jogadores. Escolhemos um grupo diversificado, que não representa o Brasil. O ‘BBB’ não foi feito para representar o nosso País. A produção está voltada para recuperar o clima dos primeiros BBBs, inclusive provas e dinâmicas, voltar ao básico”, explicou Boninho.fonte g1

VEJA AS FOTOS DO PAI E FILHA DA TRAGÉDIA DE PITANGUEIRAS

 
                             cristina filha do Sr José 39 anos
                                       josé aparecido boni 59 anos
                               sitio onde tudo aconteceu

Força Shaolin

foça shaolin o brasil e seus fans precisa de voce tenho bastante fe em deus que ele vai te recuperar nos aqui do acre estamos numa corrente de orações para que se recupere o mais rápido possível força amigo vamos enfrente que atraz vem gente nos precisamos de voce na tela fazendo seus chous abrços.fonte parnaiba

Cinco em cada 100 casas do Estado contam com TV por assinatura

Dados da Agência Nacional de Telecomunicações - Anatel - revelam que o Piauí é o estado do Nordeste com menor número de clientes da TV paga. Até o mês de novembro de 2011, eram 45.656 usuários de televisão por assinatura, o quinto menor número do País. No entanto, em 12 meses, o crescimento no mercado piauiense é um dos maiores do Brasil.

Em janeiro de 2011, o número de assinantes no Piauí era de 28.104. O crescimento em 12 meses foi de 78,39% da base, segundo a Anatel, a maior variação entre o número de domicílios atendidos. A penetração do serviço, entretanto, ainda chega a 5,1 de cada 100 domicílios com TV paga. 

Do total de assinantes, 95,35% usa o serviço de distribuição de sinais de TV e áudio por assinatura via satélite. Já os demais são clientes do serviço de distribuição de sinais multiponto multicanal (MMDS).
fonte cidadeverde.com(fonte parnaiba

Captura de rato com quase 1 metro assusta moradores nos EUA

Um rato de quase 1 metro de comprimento que foi capturado em uma loja no bairro do Bronx, em Nova York (EUA), deixou os proprietários e moradores assustados. Essa não é a primeira vez que isso acontece. No ano passado, um roedor parecido tinha sido morto em outro bairro da cidade.
A imagem do rato gigante morto no Bronx foi publicada por um usuário do Twitter "TheGoodfella" no dia 5 de janeiro. A foto foi depois publicada por vários jornais, como os ingleses "Daily Mail" e "The Sun".
Em agosto de 2011, um rato gigante que aterrorizava um conjunto habitacional no bairro do Brooklyn foi morto pelo trabalhador Jose Rivera, segundo mostrou o jornal "New York Daily News".fonte parnaiba

Tailandês casa com o cadáver de namorada morta em acidente de trânsito

Um tailandês casou com o cadáver de sua namorada, morta em um acidente de trânsito, para unir suas almas na eternidade, informou a imprensa local nesta terça-feira.

O casamento de Chadil Deffy e sua namorada, Ann, aconteceu em 4 de janeiro na província de Surin, no noroeste do país, em cerimônia budista acompanhada por seus familiares e amigos.

"Nosso amor foi algo muito grande, mas por lástima não podemos viajar ao passado e mudá-lo. A vida é curta, e hoje realizo meu desejo e agradeço a todos os que estão presentes", manifestou o namorado na lúgubre cerimônia.

O jovem de 28 anos enviou um convite a todos seus conhecidos por meio de sua página no Facebook para o evento, que foi celebrado quatro dias depois do acidente, ocorrido na noite de réveillon.


As imagens do casamento foram transmitidas pela televisão tailandesa, enquanto quase 30 mil pessoas as viram e comentaram através da página pessoal de Chadil.

As fotos mostram a jovem na cama do hospital e depois vestida de noiva durante o casamento, enquanto Chadil colocava o anel em seu dedo e a beijava na mão e na testa.

Para Chadil, o melhor presente de casamento será ver cumprido seu desejo de reencontrar a amada em sua próxima vida. meionorte.com

Professora de Campo Mourão e filho morrem em acidente

Uma professora do Senac de Campo Mourão e um filho menor morreram na tarde desta segunda-feira em acidente na BR-376, na entrada de Ponta Grossa.
Edinéia Golin
Edinéia Golin era professora do Senac em Campo Mourão e retornava da praia com o filho
A família retornava da praia em um Corsa e envolveu-se em um acidente com um Prisma, que trafegava no sentido Maringá-Curitiba.
De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, por volta das 15h30 o carro em que estava a professora Edinéia Luzia Golin bateu no Prisma e capotou. Ela e o filho morreram na hora e os ocupantes do Prisma, um casal e três crianças, ficaram bastante feridos e só foram retirados das ferragens após os bombeiros serrarem a lataria.
Testemunhas disseram que o Corsa tentou uma ultrapassagem e, ao avistar outro carro na pista contrária, tentou voltar à pista onde estava. O veículo que estava logo atrás do Corsa conseguiu desviar, porém não o Prisma. Ao baterem, o Corsa acabou capotando várias vezes e ficou com as rodas para cima em uma plantação de soja, totalmente destruído..odiario.com

Briga entre cunhados termina com um deles assassinado a tiros

Uma desavença entre cunhados terminou em morte por volta das 21h30 desta segunda-feira (9).  Sérgio Pedroso de Quadros, 43 anos, foi assassinado a tiros em frente à própria casa, na rua da Gabirobeira, Jardim das Graças em Colombo, região metropolitana de Curitiba. Outro homem, Edy Carlos de Lima, 39, também foi alvejado Ele, no entanto, levou um tiro na mão direita.
O socorrista Danilo, do Siate, explicou que Sérgio Pedroso já estava em óbito na chegada da ambulância ao local. “Infelizmente não pudemos fazer mais nada. Os tiros foram no tórax e no abdômen. A outra vítima, baleada no punho, não quis receber atendimento. Estava visivelmente embriagado”, disse à Banda B.

Suspeito de estuprar menina de 5 anos se esconde no último andar de edifício, mas acaba preso

Um suspeito de pedofilia foi preso pela Polícia Militar na noite desta segunda-feira (9). Perto das 20h, moradores do Jardim das Flores, em Colombo, região metropolitana de Curitiba, ligaram para a Banda B denunciando os abusos e o esconderijo do acusado.
Quando a nossa equipe chegou à rua José Milani, os policiais militares já realizavam a prisão de Danilo do Carmo Chagas, 37 anos. Outras vítimas também se apresentaram a polícia. “Danilo” é apontado como autor de abusos sexuais contra outras crianças. O policial militar Marcelo, do 17.º Batalhão, destacou como foi a prisão do indivíduo.
Esconderijo
“Ele estava no último andar do edifício em construção. Temia a reação popular e estava com indícios de embriaguez. Conseguimos prendê-lo e além dos familiares desta menina de cinco anos que ele abusou, mais duas mães vieram nos procurar para denunciá-lo”, relatou o policial.
O estofador Jurandir dos Santos, que é tio de uma das crianças aliciadas por Danilo, estava revoltado. “Cheguei do trabalho e me disseram que este cara tinha abusado da minha sobrinha. Fui atrás dele, mas não me deixaram pegá-lo. Com a chegada da imprensa e da polícia a coisa mudou. Vamos para a delegacia registrar queixa”, afirmou.
Mais vítimas
O acusado foi levado pela PM à Delegacia de Colombo (sede). Pelo menos seis mães de vítimas compareceram ao distrito policial. Danilo tem passagem pelo mesmo crime, só que no município de Campo Largo. Na ocasião ele foi preso por estupro e roubo.fonte banda b

Motociclista é lançado a 20 metros em acidente

A batida aconteceu nesta manhã no jardim Nova Cidade...
Publicado em 10 de Janeiro de 2012 às 09h41min | Rafael Marcante | CGN | Atualizado às 09h47min
O motociclista Roger Correia dos Santos Mazzo, 20 anos, ficou ferido nesta manhã (10) ao se envolver em acidente de trânsito no jardim Nova Cidade em Cascavel.
Segundo informações do condutor do Gol, também envolvido na batida, ele seguia pela rua André de Barros e fazia uma manobra de conversão para acessar a rua Mauro Tolentino, quando foi atingido pela motocicleta que seguia no sentido contrário.
Com o impacto da batida a vítima foi lançada por aproximadamente 20 metros e caiu na calçada. Socorristas do Siate foram acionados e atenderam o jovem que sofreu uma fratura exposta e outra fechada, ambas na mesma perna.
O rapaz foi levado ao hospital Universitário. A motocicleta que ele conduzia foi retirada do local. O Pelotão de Trânsito da Polícia Militar foi acionado e registrou a ocorrência.

Vítima entrou acompanhada no apartamento antes de ser morta

Imagens do circuito interno estão sendo usadas para ajudar a esclarecer o crime...
Publicado em 09 de Janeiro de 2012 às 18h19min | Luana Monteiro | CGN | Atualizado às 08h48min
 
O setor de Homicídios da Polícia Civil trabalha na investigação da morte de Pedro da Silva Darino, 34 anos, encontrado morto nesta tarde (09), em um apartamento localizado na esquina das ruas Paraná e Visconde de Guarapuava.
As imagens do circuito interno já estão sendo avaliadas pela polícia e devem  ajudar na identificação do autor do crime.
“O suspeito do crime entrou com a vítima e saiu sozinho. Pelas imagens isso aconteceu entre 0h e 0h30 de sábado. Estamos trabalhando com várias hipóteses, mas como o suspeito saiu com uma mala, não está descartado a possibilidade de furto”, relata o perito da Polícia Científica Jorge Wissmann.
De acordo com o perito, a vítima foi morta com aproximadamente 12 golpes de faca ou arma semelhante.
Para não prejudicar as investigações, a polícia optou por não divulgar as imagens.

Bombeiros controlam chamas em barracão no Brasmadeira

O proprietário contou que acordou com o barulho e logo se deparou com o fogo...
Publicado em 10 de Janeiro de 2012 às 08h45min | Isamara Hofstaetter | Rafael Marcante/CGN | Atualizado às 09h00min
De longe era possível ver a fumaça. O clima seco pode ter colaborado para mais um incêndio registrado em Cascavel.
O proprietário do barracão, localizado na rua João XXIII, bairro Brasmadeira, disse que acordou com o barulho e ao sair de casa se deparou com as chamas.
“De repente escutei os estouros, vim ver era o galpão pegando fogo. Não sei o que pode ter provocado as chamas, talvez um curto-circuito”, afirma José Augusto Kops.
O Corpo de Bombeiros foi acionado rapidamente, pelo menos três caminhões ABTR (Auto Bomba Tanque e Resgate) foram necessários para conter o fogo.
O barracão, segundo seu José, era usado para o depósito de ferramentas. Até um trator que estava lá dentro, foi parcialmente destruído.
Na tentativa de retirar a caminhonete, guardada dentro do barracão, seu José que é socorrista do Samu, se feriu levemente.
“Fui tirar a caminhonete que estava na garagem, estava sem a chave e a hora que estourei o vidro fui atingido por algum estilhaço’, finalizou.

Só pensei em salvá-la’, diz PM que matou pit bulls para resgatar criança

Policial passava pelo local, quando ouviu os gritos da menina de dois anos.
Ataque ocorreu nesta segunda (9), em uma casa, localizada em Cuiabá.


PM mata pit bull (Foto: Kelly Martins/G1)PM passava pelo local quando ouviu os gritos da
criança (Foto: Kelly Martins/G1)
O policial militar de Cuiabá Rosicley Pereira dos Santos, de 33 anos, afirmou que a única forma encontrada para tentar salvar uma criança de dois anos de idade do ataque de pit bulls foi atirando contra os cães. Santos estava à paisana e foi quem invadiu a residência da menina no bairro Jardim Universitário, na capital, no momento em que ela era atacada por quatro cães.  “Eu ouvi os gritos quando passava pela rua e, ao entrar na casa, vi os cachorros mordendo a criança. Eu só pensei em salvá-la”, contou em entrevista ao G1, logo depois de enfrentar os pit bulls. A criança sofreu ferimentos graves.
O policial disse que também foi atacado por três dos cães quando foi até o quintal da casa. No entanto, ele estava armado com uma pistola de calibre ponto 40 e atirou contra os animais. “Eu atirei para evitar que me atacassem também. Os cães se assustaram, mas quando olhei ao meu lado vi o outro cachorro com a cabeça da menina na boca. Aí, abati o animal”, relatou, emocionado. O fato ocorreu por volta das 14h desta segunda.
Dois cães morreram na hora e outro tentou escapar, mas foi morto a alguns metros da residência, em um córrego. Já o quarto cachorro conseguiu escapar e foi encontrado ainda no bairro, embaixo de um veículo. Uma equipe do Centro de Controle Zoonoses da capital foi acionada e resgatou a cadela do local. Membros da instituição informaram ainda que é uma fêmea que está prenha.
A criança foi socorrida pelos paramédicos do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhada para o Pronto-Socorro Municipal de Cuiabá (PSMC). De acordo com informações do hospital, a criança foi internada em estado gravíssimo. Ela ficou muito machucada e os ataques foram principalmente no rosto, cabeça e braços.
“É uma situação lastimável. Foi muito desesperador quando comecei a ouvir os gritos e ver os moradores todos na rua desesperados”, frisou o policial. Ele contou ao G1 que mora no bairro há sete anos e que não conhece a família da menina.
Rosicley dos Santos também declarou que não sabia sobre os cães na residência e acredita “ter sido enviado por Deus” naquele momento para resgatar a garota. Na ocasião do ataque, a menina estava apenas com a babá na casa. Ela e o policial foram para a Central de Flagrantes, onde prestaram depoimento à Polícia Civil.fonte g1

Prédio interditado desaba no Buritis, em Belo Horizonte, diz Defesa Civil

Não há notícias de vítimas.
O impacto nos outros três prédios interditados vai ser analisO prédio Vale dos Buritis desabou na manhã desta terça-feira (10) em Belo Horizonte, segundo a Defesa Civil da capital. De acordo com o coordenador do órgão, coronel Alexandre Lucas, o imóvel estava vazio e não há notícias de feridos. O impacto nos outros dois prédios vizinhos interditados desde outubro, além de uma terceira construção interditada no fim de semana, será analisado.

Edifício Vale dos Buritis desabou na manhã desta terça-feira (10). (Foto: Alex de Jesus/O Tempo/AE)Edifício Vale dos Buritis desabou na manhã desta terça-feira (10). (Foto: Alex de Jesus/O Tempo/AE)
Desde a última semana de 2011, o edifício, o mais afetado por problemas estruturais, vem desabando aos poucos. A janela e parte da parede do primeiro andar já não existiam mais, e um grande buraco podia ser visto na fachada.
Na segunda-feira (9), a Justiça havia determinado a demolição do imóvel, que fica na região Oeste da capital mineira. A decisão foi do juiz da 16ª Vara Civil, Alexandre Quintino Santiago, atendendo recomendação do perito judicial, do município e da Defesa Civil. A Estrutura Engenharia, responsável pelo imóvel, já havia informado que era a favor da decisão.

No dia 2 de janeiro, o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) informou que os moradores dos prédios se colocaram contra a demolição do imóvel. Na audiência de conciliação, a advogada dos moradores disse que eles eram contra a recomendação da Defesa Civil e do perito judicial.

Também na segunda a Defesa Civil recomendou a imediata evacuação de um quarto prédio no bairro e reiterou que o prédio Vale dos Buritis devia ser demolido.  Parte do muro de um dos prédios desabou no fim da manhã de domingo (8).
Desde a última semana de 2011, um dos quatro prédios interditados no Buritis, Região  Oeste de BH, está desabando aos poucos. (Foto: Reprodução/TV Globo)Desde a última semana de 2011, um dos quatro
prédios interditados no Buritis desaba aos poucos.
(Foto: Arquivo/Reprodução/TV Globo)
De acordo com a Coordenadoria Municipal de Defesa Civil (Comdec), desabamentos como esse eram previstos porque a estrutura da construção mais afetada estava em colapso e, por isso, a área está isolada.

Em nota enviada no domingo (8), a Estrutura Engenharia, responsável pelo Vales dos Buritis, informou que tem conhecimento do que vem acontecendo na Rua Laura Soares Carneiro. Segundo a empresa, é previsível que a situação no edifício se agrave a cada movimentação do terreno, que está encharcado.

Construtura nega responsabilidade
Em nota, a Estrutura Engenharia e Construção, responsável pela obra, lamentou o desabamento do edifício Vale dos Buritis. A construtora reafirmou que os problemas que se estendem nas outras edificações, além da própria via pública, foram causados pela saturação do subsolo por excesso de água.

Segundo a empresa, “as causas das trincas que atingiram o edifício Vale dos Buritis e outros imóveis próximos - que foram construídos em épocas distintas e por construtores diferentes - são completamente estranhas à atuação da empresa e ao processo construtivo do prédio, que foi concluído e entregue há mais de 15 anos”.

A construtora informou que além da grande quantidade de água sob pressão que invadiu o terreno com o rompimento da rede de água da Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa), no final de outubro, a grande quantidade de chuvas dos últimos meses também contribuiu para agravamento da instabilidade da edificação.

Apesar de entender que não é responsável pelo acidente ocorrido no edifício Vale dos Buritis, a Estrutura Engenharia e Construção informou que vai aguardar a conclusão da perícia judicial e que vai continuar colaborando para o esclarecimentos dos fatos.fonte g1

Homem gritou por socorro durante

Segundo viúva, o mecânico estava com 2 tios e um primo na hora da tragédia.
De acordo com secretário, buscas vão continuar na madrugada desta terça.


Buscas pela região (Foto: Carolina Lauriano/G1)Bombeiros fazem buscas por corpos em Sapucaia
com ajuda de um cão farejador
(Foto: Carolina Lauriano/G1)
Com os olhos fixos nos escombros do deslizamento, ocorrido no Distrito de Jamapará, em Sapucaia, no Centro-Sul Fluminense, na segunda-feira (9), a atendente de posto de gasolina Renata Dias, de 26 anos, faz vigília no segundo andar em uma das casas interditadas na Rua Marechal Floriano Peixoto.
Renata perdeu o ex-marido – que só virou ex há três meses. Ela contou que Pablo Antônio de Carvalho, que tinha 28 anos e era mecânico, gritou por socorro até as 7h desta segunda. O deslizamento ocorreu por volta das 3h.
“Ele ficou até as 7h pedindo ajuda. O pai dele disse que ele falava 'pai, me ajuda'. Mas ele não conseguia identificar onde o filho estava. Os vizinhos tentaram mexer para procurar, mas é muita pedra e muita terra", contou ela.
 
Atualmente Renata mora em Sapucaia,  a cerca de 20 quilômetros de Jamapará. Ela tem dois  filhos com Pablo, um menino que completará 6 anos na próxima segunda-feira (16) e uma menina de 4 anos. Renata pretende ficar no local do deslizamento até que encontrem o corpo do ex-marido.
Ela também contou que no momento da tragédia, Pablo estava com dois tios e um primo. Os três corpos já foram encontrados. “Não vou sair daqui enquanto não acharem”, disse ela.

A atendente ainda contou que o pai do ex-marido está em estado de choque. Além do filho, ele perdeu uma irmã, o sobrinho e um cunhado.

Defesa Civil diminui efetivo
O secretário estadual  da Defesa Civil, Sérgio Simões,  que acompanha as buscas desde as 10h de segunda-feira, afirmou ao G1 que as equipes irão virar a madrugada pelas buscas dos corpos. Ele estima em 17 o número de vítimas ainda soterradas, mas diz que esta estimativa pode variar.
“ A gente vai ficar aqui até terminar. Amanhã entrará uma nova equipe. Eu constatei que não vai precisar de um número tão grande de gente, vamos diminuir porque o trabalho é muito pontual", afirmou Simõees.
Segundo o secretário, nesta terça-feira (10), o número de bombeiros cairá de 70 para 25. Além  disso, uma nova máquina deve chegar para auxiliar nas buscas. Ele explicou que é uma espécie de britadeira para conseguir quebrar as imensas rochas que existem no local. Simões ressaltou ainda que a região não era considerada de risco, o que aumenta a discussão sobre moradias próximas às encostas.

Ainda segundo o secretário, Jamapará entra para o mapa de regiões que necessitam de um sistema de alertas contra deslizamentos. "É uma história que se repete,  porque foi de madrugada, quando as pessoas estão mais indefesas. É esse cenário de tristeza, cada corpo que sai,  é uma comoção”, concluiu Sérgio Simões, que acrescentou que acredita que os trabalho dos bombeiros deve durar de 2 a 4 dias.
Vizinhos acompanham as buscas na região (Foto: Carolina Lauriano/G1)Vizinhos acompanham à noite os trabalhos de
resgate em Sapucaia (Foto: Carolina Lauriano/G1)
Vidas perdidas
Estudante de direito,  Aderbal de Almeida Melo trabalhava em um bar próximo ao local do deslizamento. Durante toda a segunda-feira (9), ele passou servindo amigos e parentes das vítimas da tragédia.
"Conhecia todas as pessoas. Aqui todo mundo se conhece",  disse ele.

Entre os soterrados, segundo ele, estava o caminhoneiro Sérgio, que passava mais de 20 dias fora de casa e só ficava emJamapará por no máximo dois dias.
"Ele chegou em casa 1h e o deslizamento foi às 3h. Morreu ele, a mulher e o filho Thiago, que também estudava direito em Juiz de Fora e só vinha para casa no final de semana", contou Aderbal.
Outra vítima da tragédia, que ele também conheceu, se chamava Lívia. 
“Ela estava estudando psicologia no Rio e também vinha pouco para cá. Na hora do deslizamento, estavam em casa, ela, a mãe, o pai, a avó e mais dois rapazes, que eram  vizinhos, que tinham ido lá para ajudar, porque a encosta estava desabando", disse o estudante.
Aderbal contou que acordou por volta das 4h30 com gritos nas ruas. Ele ainda contou que uma menina de 2 anos morreu com o avô no deslizamento. A mãe e a vó dela se salvaram.fonte g1

Equipes de resgate localizam mais vítimas em Sapucaia, no RJ

Três corpos foram achados nesta manhã; número de vítimas chega a 11.
Buscas recomeçaram por volta das 7h30; não chove na região. Jamapará (Foto: Carolina Lauriano/G1)Equipes A prefeitura de Sapucaia confirmou que já chega a 11 o número de vítimas do deslizamento ocorrido na madrugada de segunda-feira (9) no distrito de Jamapará, em Sapucaia, no Centro Sul Fluminense.

Segundo a prefeitura, três corpos foram encontrados na  manhã desta terça-feira (10). As vítimas são a jovem Livia Gomes, de 22 anos, achada por volta das 8h15; uma mulher de 42 anos, encontrada às 9h; e a terceira vítima, ainda sem identicação, foi achada às 9h10.

Ainda segundo a prefeitura, o Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil trabalharam até a 1h30 nas buscas. Os trabalhos das equipes recomeçaram por volta das 7h30 desta terça. Não chove na região. Homens do Exército também estão no local para dar apoio às equipes.
IML de Três Rios
Os corpos - 7 adultos e 2 crianças - serão reconhecidos no Instituto Médico Legal de Três Rios. 
Ainda segundo a Defesa Civil, um novo deslizamento de terra ocorreu no meio da tarde de segunda-feira a cerca de 200 metros de onde ocorreu a primeira queda de barreiras. Mas não houve vítimas e nenhuma casa foi atingida.fonte g1

foi um terror', diz morador em cidade invadida por assaltantes na BA

Dez homens atiraram contra delegacia e fizeram moradores reféns.
Crime na cidade de Castro Alves foi registrado por cinegrafista amador.


A polícia de Castro Alves, a 190 km de Salvador, continua nesta terça-feira (10) as buscas pelos dez criminosos que assaltaram a agência bancária da cidade, disparam vários tiros em praça pública e fizeram moradores e funcionários reféns.
A delegacia do município informou que as equipes das polícias Militar e Civil de várias cidades da região, entre elas, Salvador e Feira de Santana, dão apoio à operação. A polícia informa ainda que a perseguição está focada em uma mata fechada, onde os policiais estão desde segunda-feira (9), dia do crime. Nenhum suspeito foi capturado até o momento.
"Foi um terror", disse o radialista Everaldo Magalhães que esteve no banco durante toda a ação criminosa. Segundo ele, os homens foram direto para a agência bancária e atiraram contra o local. "A sorte nossa, que estava lá dentro do banco, foi que o tiro não pegou em ninguém lá. E o pior é que as pessoas estavam aglomeradas na praça e eles atiravam indiscriminadamente”, comenta.
Duas pessoas foram baleadas. Uma delas é um homem de 27 anos, que foi atingido na barriga. De acordo com o Hospital Geral da cidade de Santo Antônio de Jesus, para onde foi socorrido, a vítima foi submetida a uma cirurgia e passa bem na manhã desta terça. Ele é motorista da Prefeitura de Castro Alves.  Outro homem foi atingido na perna, recebeu atendimento e recebeu alta médica no mesmo dia.
Entenda o caso
Toda a ação da quadrilha durou cerca de 40 minutos, no fim da manhã de segunda-feira. O clima de terror começou na delegacia da cidade, onde eles atiraram nos carros, pneus e dentro do prédio. Os assaltantes estavam com armas de grosso calibre e uma camionete esperava por eles na porta do banco, com o vigilante da agência na carroceria do automóvel, amarrado pelos pés e pelas mãos. Os clientes ficaram encostados em um dos carros enquanto um dos bandidos saiu carregando um saco de dinheiro.
Outros dois escoltavam os reféns e obrigavam a alguns deles a atirar moedas na rua. As imagens mostram também que uma mulher faz parte do bando. Os reféns foram colocados em duas camionetes, entre eles o gerente e o subgerente da agência. Os assaltantes também utilizam os reféns como escudo para proteger os dois carros na hora da fuga. O grupo dá duas voltas na praça principal, antes de deixar a cidade.
“O pessoal daqui da delegacia saiu correndo e anunciando: assalto, assalto. O escrivão estava sentado na hora, cumprindo os seus deveres, e eles já chegaram atirando na parede.", disse o administrador Gerson Oliveira.fonte g1

9 de janeiro de 2012

TRIBUNA LIVRE 09/01/2012 NA CLUBE FM.COM LUIS MELO E FABIO SANTOS..

Polícia Civil tem índicios de autores de triplo latrocínio em PITANGUEIRAS..

Os autores do triplo latrocínio que vitimou pai, filha e o caseiro de um sítio de Pitangueiras (57 km de Londrina) devem ser identificados pela Polícia Civil de Rolândia (27 km de Londrina) nas próximas 24 horas. Há suspeitas de duas pessoas, que devem ser ouvidas nos próximos dias. A informação foi dada pelo delegado responsável pelo caso, Valdir Fernandes, nesta segunda-feira (9).
Os corpos das vítimas foram encontrados na tarde deste sábado (7) em um canavial a cerca de 10 metros de uma estrada rural de Rolândia (27 km de Londrina). Os corpos estavam a 1,2 km de distância do sítio da família de José Aparecido Boni.

Ele e sua filha, Cristiane, e o caseiro, Jaime Pereira Cruz, foram espancados até a morte, segundo laudo do Instituto Médico-Legal (IML). "O caseiro ainda foi degolado pelos bandidos. Um crime assustador. Ele estava no local e na hora errada, como dizem por aí", comentou o delegado Valdir Fernandes.
Segundo o delegado, há fortes indícios de quem sejam os autores do triplo assassinato. Ele informou que não poderia dar detalhes para não atrapalhar o rumo das investigações, mas que no prazo de 24 horas os bandidos já deverão ser ouvidos. A suspeita é de duas pessoas, mas também podem haver outros envolvidos no caso.
A Polícia Civil conta com o apoio de outras unidades de Jaguapítã (55 km de Londrina) e Londrina, por exemplo. Fernandes descartou a possibilidade da ação ter sido realizada por uma quadrilha especializada em assaltos. "Foi uma ação isolada. Um acaso. Acharam que a família tinha dinheiro, mas não foi isso que encontraram", avaliou.
A principal linha da investigação é de latrocínio, uma vez que foi constatado que objetos pessoais da família foram furtados da residência do sítio onde José Aparecido Boni morava. Sete pessoas da família já foram ouvidas pela polícia entre sábado (7) e segunda-feira (9).
"Pelo o que foi dito, eles participaram das festas de final de ano da Prefeitura em Pitangueiras. Há um agravante sobre o dia dessa festa. A moça exibia anéis e colares, o que pode ter chamado atenção dos bandidos. A hipótese é que acharam que ela tinha muito dinheiro", comentou.
Cristiane havia chegado do Japão no dia 28 de dezembro para passar o réveillon com o pai, que inclusive pagou a passagem para que a filha o visitasse. Ela trouxe duas malas da viagem, que também não foram encontradas na casa.
As vítimas teriam sido mortas provavelmente na madrugada do dia 2 para o dia 3 de janeiro, segundo contou o delegado. Ele ainda comentou que o tempo levado para encontrar os corpos dificultou a investigação. "A família só teve conhecimento do desaparecimento na sexta-feira (6), quando a caminhonete de Boni foi encontrada na PR-444", disse.
O automóvel das vítimas foi encontrado abandonado pela Polícia Rodoviária Estadual (PRE) na PR-444. O veículo continha sinais de sangue, assim como a residência da família também.
Peritos do Instituto de Criminalística fariam nesta tarde de segunda-feira o recolhimento das digitais encontradas na casa para conseguir mais dados para a apuração.fonte odiario.com

Peão morre pisoteado por touro durante rodeio em Santa Catarina





O peão Gilberto Morato, de 33 anos, morreu na noite de sexta-feira (6) pisoteado por um touro durante uma competição em Belmonte, em Santa CatSegundo Kelly Brustolin, proprietária da Geração Country, organizadora do evento, Moratto participava das competições e rodeios realizados na região Sul do país e tinha ido disputar o prêmio oferecido à melhor montaria do rodeio.

Ele caiu do touro e foi pisoteado pelo animal. Segundo Kelly, o peão não usava capacete, apenas um colete de proteção. Todos os peões que participam do rodeio possuem seguro de vida e Moratto também tinha, diz a empresa.

Ele chegou a ser socorrido pelos bombeiros, mas morreu. O caso foi registrado na Polícia Civil. A Expo Belmonte terminou domingo (8).
arina. O acidente ocorreu durante a Expo Belmonte, uma feira realizada na cidade..fonte g1

Vou carregar culpa até morrer’, diz marido de grávida morta em acidente

Landerson Rodrigues concedeu entrevista exclusiva ao Fantástico.
Ele disse que passou no vermelho por medo de ficar parado de madrugada.

Em meio à tragédia que está vivendo, o comerciante Landerson Rodrigues, marido de Lilian Maria dos Santos, que estava grávida e morreu em um acidente na madrugada do último dia 30 de dezembro, na Zona Sul de São Paulo, decidiu conversar com a reportagem do Fantástico sob a condição de que o rosto dele não fosse mostrado.
Na entrevista exclusiva, ele contou que desrespeitou a sinalização porque teve medo de ficar parado na madrugada, negou que tivesse bebido antes de dirigir e afirmou que vai carregar a culpa pela morte da mulher, então com 30 anos e na sua 32ª semana de gravidez, até a morte dele. Depois do acidente, a vítima foi levada para o Hospital São Paulo, onde foi feito o parto do bebê que ela esperava, mas a criança não resistiu.
A colisão entre dois veículos ocorreu no cruzamento da Avenida Professor Abraão de Morais com a Avenida Bosque da Saúde. Na sexta-feira (6), o G1 mostrou que câmeras de trânsito flagraram quando Landerson passou no farol vermelho e foi atingido pelo veículo dirigido por Carlos Alberto Fiore, que estava em alta velocidade e embriagado. No mesmo dia, Landerson admitiu que desrespeitou a sinalização.
Na véspera, quinta-feira (5), o G1 já noticiara que Landerson tinha sido indiciado pela polícia por homicídio culposo, quando não há a intenção de matar. E Fiore, por homicídio doloso, lesão corporal e embriaguez ao volante. Depois de ter a prisão temporária decretada, ele pagou fiança de R$ 20 mil, deixou a prisão também na sexta e irá responder em liberdade..fonte g1

Mulher de 50 anos morre atropelada por caminhão

Ernestina Cardoso de Almeida iniciava a travessa da rodovia quando houve o acidente...
Publicado em 09 de Janeiro de 2012 às 09h25min | Neo Gonçalves | CGN | Atualizado às 09h38min
Uma mulher de 50 anos morreu atropelada na manhã de hoje (09) na BR 467, proximidades do Viaduto Rocha Pombo. Ernestina Cardoso de Almeida iniciava a travessia da rodovia, na pista sentido Toledo, quando foi atropelada por um caminhão frigorífico de Três Barras do Paraná.
O motorista disse que a mulher surgiu repentinamente na pista e ele até tentou desviar, mas não deu tempo. Ernestina foi parar embaixo do rodado do caminhão. Ela morava nas proximidades do local do acidente.
Logo após o atropelamento, uma Biz bateu na traseira de um Fiesta. A motociclista teve ferimentos leves no pé e precisou ser encaminhada ao hospital.
Por causa dos acidentes, uma das pistas ficou interditada.

Acidente no Contorno Norte de Jandaia envolve carro e bitrem


O acidente ocorreu por volta das 15:20 de domingo (8) na BR-369, Contorno Norte de Jandaia do Sul.
O condutor de um Volkswagen Golf com placas de Maringá acabou perdendo o controle do veículo em uma curva e colidindo com uma carreta que vinha em sentido contrário.
Na colisão, o sistema de airbag do Golf foi acionado. O motorista Ademir Almeida (50) foi conduzido ao PAM pela equipe da Defesa Civil com ferimentos leves. Outros dois homens que estavam no veículo não se feriram.
O bitrem com placas de Astorga era conduzida por  Edson Fogari (47). Ele não se feriu.fonte jandaia.online